Notícias Acadêmicas

EX-ALUNOS DE SUCESSO! Cirurgião-dentista recém-formado é aprovado em programa de Mestrado da UFMG

EX-ALUNOS DE SUCESSO! Cirurgião-dentista recém-formado é aprovado em programa de Mestrado da UFMG

Renato Felipe é ex-aluno do curso de Odontologia da FEAD. Cirurgião dentista recém-formado, ele agora tem mais um motivo para comemorar. É que ele acabou de ser aprovado, em 4º lugar, no programa de Mestrado do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG.

Ele conta que, ainda no curso de Odontologia da FEAD despertou grande interesse na disciplina de Patologia Geral, área que será amplamente explorada durante o curso de pós-graduação. “O que me fez procurar um estágio nessa área foi quando encontrei o professor Ênio Ferreira, do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG, que as portas do seu laboratório para mim", explica Renato com grande entusiasmo.

O cirurgião-dentista conta que durante esse período de iniciação cientifica pôde desenvolver seu trabalho de conclusão de curso, o TCC, o qual foi premiado como o melhor trabalho da categoria no IV Encontro Científico de Odontologia da FEAD. Seu trabalho avaliou o infiltrado inflamatório de macrófagos e sua relação com a angiogênese tumoral em melanomas caninos orais.

"Escolhi fazer o mestrado em patologia já por ter me identificado com essa área ainda na graduação, e também porque pude conhecer mais a fundo quando foi me dada a possibilidade de acompanhar as atividades de rotina do Laboratório de Patologia Comparada do professor Giovani Cassali e do Laboratório do Comportamento Celular do professor Ênio Ferreira”, explicou.

Com base no seu projeto intitulado “Expressão proteica de SOX2, SOX3 e SOX10 e sua relação com a proliferação celular em melanomas caninos orais” ele explica que como essas proteínas estão relacionadas com uma maior agressividade e proliferação celular em outras neoplasias, resolveram então, avaliá-las no melanoma canino oral e compará-las ao melanoma oral humano de acordo com a literatura.

Confiante, Renato explica que “com base na literatura hipotetizamos que a expressão de SOX está relacionada a uma maior agressividade tumoral em neoplasias melanocíticas malignas orais. Temos como objetivo analisar e propor uma definição para expressão de SOX e sua relação com o desenvolvimento de neoplasias melanocíticas da mucosa oral em cães e investigar para estabelecer relação com ocorrências em humanos. Para desenvolvimento do trabalho será utilizado a técnica de imuno-histoquímica para identificação das proteínas propostas no trabalho e determinação do índice proliferativo através do anticorpo Ki-67”, finalizou Renato.

#odontologia #mestrado #ufmg #universidadefederal #patologia#pesquisa

 

  • Postagem: 13/02/2019 - 11:48 am.
  • Publicado em: 13/02/2019.